pt




        

Contacte-nos

    Aceito o tratamento de dados;

    Enviar

    Tem mais de 18 anos de idade?

    Sim
          Não

    Lembrar neste dispositivo.

    Como armazenar vinho Mandriola

    Como armazenar vinho Mandriola em casa?

    Sabes como lhe dar o tratamento que precisa e merece? Descobre como armazenar vinho Mandriola em casa.
    
                WP_Post Object
    (
        [ID] => 4587
        [post_author] => 5
        [post_date] => 2023-10-09 17:47:33
        [post_date_gmt] => 2023-10-09 16:47:33
        [post_content] => 
        [post_title] => Como armazenar vinho Mandriola em casa?
        [post_excerpt] => Sabes como lhe dar o tratamento que precisa e merece? Descobre como armazenar vinho Mandriola em casa. 
        [post_status] => publish
        [comment_status] => closed
        [ping_status] => open
        [post_password] => 
        [post_name] => como-armazenar-vinho-mandriola-em-casa
        [to_ping] => 
        [pinged] => 
        [post_modified] => 2023-10-19 15:50:35
        [post_modified_gmt] => 2023-10-19 14:50:35
        [post_content_filtered] => 
        [post_parent] => 0
        [guid] => https://mandrioladelisboa.pt/?p=4587
        [menu_order] => 0
        [post_type] => post
        [post_mime_type] => 
        [comment_count] => 0
        [filter] => raw
    )
    1Array
    (
        [cover] => Array
            (
                [ID] => 4593
                [id] => 4593
                [title] => Como armazenar vinho Mandriola
                [filename] => Como-armazenar-vinho-Mandriola-1.png
                [filesize] => 555245
                [url] => https://mandrioladelisboa.pt/wp-content/uploads/Como-armazenar-vinho-Mandriola-1.png
                [link] => https://mandrioladelisboa.pt/como-armazenar-vinho-mandriola-em-casa/como-armazenar-vinho-mandriola-2/
                [alt] => 
                [author] => 5
                [description] => 
                [caption] => 
                [name] => como-armazenar-vinho-mandriola-2
                [status] => inherit
                [uploaded_to] => 4587
                [date] => 2023-10-09 16:46:46
                [modified] => 2023-10-09 16:46:46
                [menu_order] => 0
                [mime_type] => image/png
                [type] => image
                [subtype] => png
                [icon] => https://mandrioladelisboa.pt/wp-includes/images/media/default.png
                [width] => 704
                [height] => 467
                [sizes] => Array
                    (
                    )
    
            )
    
        [post_author] => Mandriola
        [article_text_1] => 

    É certo que cada vinho tem as suas particularidades e exigências, mas para apreciar todo o sabor, aroma e textura, basta algum carinho e seguir algumas regras. Descobre 7 dicas para armazenar vinho Mandriola em casa e desfrutar ao máximo.

     

    1. Mantém a temperatura adequada

     

    Em primeiro lugar, deves manter o vinho numa temperatura constante e ideal, entre 12 e 18°C, para não interferir com a oxidação. Isto porque temperaturas altas fazem o vinho envelhecer mais rapidamente, desenvolvendo até aromas desagradáveis, enquanto temperaturas baixas tendem a retardar o envelhecimento.

     

    O ideal seria guardares o Mandriola numa adega climatizada. Atualmente existem até alguns modelos portáteis que são ideais para períodos de armazenamento mais longos. Caso contrário, escolhe um local da casa que seja fresco e estável, onde a temperatura esteja menos sujeita a flutuações. Assim vais poder preservar o equilíbrio e os sabores complexos do vinho à medida que amadurece.

     

    2. Controla os níveis de humidade

     

    A humidade relativa ideal para armazenar vinho Mandriola em casa é na ordem dos 70%. Quando a humidade do ambiente é muito baixa, as rolhas tendem a secar e a encolher, o que cria espaço para o ar entrar na garrafa, oxidando o vinho e alterando a sua qualidade. Por outro lado, um ambiente muito húmido pode gerar bolor nas rolhas e nos rótulos.

     

    Por isso, usa um humidificador para manter a humidade relativa nos 70%. Garante que o aparelho está sempre limpo para evitar a proliferação de bactérias. De vez em quando, vai controlando os níveis de humidade com um higrómetro para teres a certeza de que os níveis estão dentro do desejado.

     

    3. Protege o Mandriola da luz

     

    O Mandriola deve ser armazenado num local escuro. A luz direta, quer da exposição solar, quer da iluminação artificial, pode alterar a qualidade do vinho. Especificamente, pode provocar reações químicas no interior da garrafa, levando à oxidação e ao desenvolvimento de odores desagradáveis.

     

    Assim, evita armazenar o vinho em prateleiras ou em locais onde a luz solar incide, como próximo de janelas ou de fontes de luz intensa. Se o guardares numa adega climatizada, já tens esta questão resolvida, e poderás contar com o Mandriola no seu melhor, mesmo passado algum tempo.

     

    4. Guarda o Mandriola na horizontal

     

    Armazenar vinho Mandriola em casa na posição horizontal é essencial para que mantenha a sua qualidade. O vinho deve estar em contacto com a rolha, para a manter húmida e evitar que seque. Caso contrário, vai entrar ar na garrafa e o vinho oxida.

     

    Por isso, usa sempre suportes horizontais para manter as garrafas na posição certa e para que repousem a salvo da oxidação e deterioração prematura.

     

    5. Garante uma ventilação adequada

     

    Odores fortes e persistentes, como produtos químicos ou cheiros de comida, podem entrar nas rolhas e afetar o sabor do vinho. Por isso, deves guardar o Mandriola num local limpo e bem ventilado, evitando a proximidade de elementos com cheiros fortes e intensos.

     

    Por exemplo, se tiveres uma adega caseira na garagem, mantém a área sempre limpa e arejada. Abre todos os dias as janelas, se existirem, ou instala um sistema de ventilação que possa garantir uma renovação regular de ar, sem ventilação direta para as garrafas. O importante é garantir ar fresco e a circulação de ar adequada.

     

    6. Evita agitação e vibração

     

    Garante um ambiente tranquilo e estável para armazenar Mandriola em casa. O vinho é sensível a vibrações e movimentos bruscos, e precisa de repouso. A agitação pode perturbar os sedimentos e afetar o processo de envelhecimento.

     

    Escolhe ambientes silenciosos e evita áreas próximas de máquinas de lavar, secadoras ou equipamentos de aquecimento ou de ventilação que emitam ruído. Certifica-te também de que os suportes são robustos e estáveis para evitar que as garrafas se movam.

     

    7. Vai rodando as garrafas

     

    Esta dica é importante se estiveres a pensar em guardar o Mandriola durante bastante tempo. A cada poucos meses, deves rodar suavemente as garrafas. Isto ajuda a redistribuir os sedimentos naturais que se podem acumular no fundo da garrafa ao longo do tempo.

     

    Contudo, como o vinho não gosta de agitação, a rotação deve ser suave e feita com cuidado, para não agitar os sedimentos e não perturbar o repouso. Assim, garantes a uniformidade dos sedimentos e evitas sabores estranhos na hora de o servir.

     

    Mandriola, o vinho mais bem guardado na tua casa

     

    Estas são as 7 dicas para armazenar vinho Mandriola em casa. Estes detalhes garantem que o vinho mantém a sua personalidade, sabor e carisma ao longo do tempo. Um brinde à arte de guardar o Mandriola e à felicidade de o partilhar com os amigos e família!

    [seccao_slider] => Array ( [slideshow] => ) [article_text_2] => [showmap] => Não )

    É certo que cada vinho tem as suas particularidades e exigências, mas para apreciar todo o sabor, aroma e textura, basta algum carinho e seguir algumas regras. Descobre 7 dicas para armazenar vinho Mandriola em casa e desfrutar ao máximo.

     

    1. Mantém a temperatura adequada

     

    Em primeiro lugar, deves manter o vinho numa temperatura constante e ideal, entre 12 e 18°C, para não interferir com a oxidação. Isto porque temperaturas altas fazem o vinho envelhecer mais rapidamente, desenvolvendo até aromas desagradáveis, enquanto temperaturas baixas tendem a retardar o envelhecimento.

     

    O ideal seria guardares o Mandriola numa adega climatizada. Atualmente existem até alguns modelos portáteis que são ideais para períodos de armazenamento mais longos. Caso contrário, escolhe um local da casa que seja fresco e estável, onde a temperatura esteja menos sujeita a flutuações. Assim vais poder preservar o equilíbrio e os sabores complexos do vinho à medida que amadurece.

     

    2. Controla os níveis de humidade

     

    A humidade relativa ideal para armazenar vinho Mandriola em casa é na ordem dos 70%. Quando a humidade do ambiente é muito baixa, as rolhas tendem a secar e a encolher, o que cria espaço para o ar entrar na garrafa, oxidando o vinho e alterando a sua qualidade. Por outro lado, um ambiente muito húmido pode gerar bolor nas rolhas e nos rótulos.

     

    Por isso, usa um humidificador para manter a humidade relativa nos 70%. Garante que o aparelho está sempre limpo para evitar a proliferação de bactérias. De vez em quando, vai controlando os níveis de humidade com um higrómetro para teres a certeza de que os níveis estão dentro do desejado.

     

    3. Protege o Mandriola da luz

     

    O Mandriola deve ser armazenado num local escuro. A luz direta, quer da exposição solar, quer da iluminação artificial, pode alterar a qualidade do vinho. Especificamente, pode provocar reações químicas no interior da garrafa, levando à oxidação e ao desenvolvimento de odores desagradáveis.

     

    Assim, evita armazenar o vinho em prateleiras ou em locais onde a luz solar incide, como próximo de janelas ou de fontes de luz intensa. Se o guardares numa adega climatizada, já tens esta questão resolvida, e poderás contar com o Mandriola no seu melhor, mesmo passado algum tempo.

     

    4. Guarda o Mandriola na horizontal

     

    Armazenar vinho Mandriola em casa na posição horizontal é essencial para que mantenha a sua qualidade. O vinho deve estar em contacto com a rolha, para a manter húmida e evitar que seque. Caso contrário, vai entrar ar na garrafa e o vinho oxida.

     

    Por isso, usa sempre suportes horizontais para manter as garrafas na posição certa e para que repousem a salvo da oxidação e deterioração prematura.

     

    5. Garante uma ventilação adequada

     

    Odores fortes e persistentes, como produtos químicos ou cheiros de comida, podem entrar nas rolhas e afetar o sabor do vinho. Por isso, deves guardar o Mandriola num local limpo e bem ventilado, evitando a proximidade de elementos com cheiros fortes e intensos.

     

    Por exemplo, se tiveres uma adega caseira na garagem, mantém a área sempre limpa e arejada. Abre todos os dias as janelas, se existirem, ou instala um sistema de ventilação que possa garantir uma renovação regular de ar, sem ventilação direta para as garrafas. O importante é garantir ar fresco e a circulação de ar adequada.

     

    6. Evita agitação e vibração

     

    Garante um ambiente tranquilo e estável para armazenar Mandriola em casa. O vinho é sensível a vibrações e movimentos bruscos, e precisa de repouso. A agitação pode perturbar os sedimentos e afetar o processo de envelhecimento.

     

    Escolhe ambientes silenciosos e evita áreas próximas de máquinas de lavar, secadoras ou equipamentos de aquecimento ou de ventilação que emitam ruído. Certifica-te também de que os suportes são robustos e estáveis para evitar que as garrafas se movam.

     

    7. Vai rodando as garrafas

     

    Esta dica é importante se estiveres a pensar em guardar o Mandriola durante bastante tempo. A cada poucos meses, deves rodar suavemente as garrafas. Isto ajuda a redistribuir os sedimentos naturais que se podem acumular no fundo da garrafa ao longo do tempo.

     

    Contudo, como o vinho não gosta de agitação, a rotação deve ser suave e feita com cuidado, para não agitar os sedimentos e não perturbar o repouso. Assim, garantes a uniformidade dos sedimentos e evitas sabores estranhos na hora de o servir.

     

    Mandriola, o vinho mais bem guardado na tua casa

     

    Estas são as 7 dicas para armazenar vinho Mandriola em casa. Estes detalhes garantem que o vinho mantém a sua personalidade, sabor e carisma ao longo do tempo. Um brinde à arte de guardar o Mandriola e à felicidade de o partilhar com os amigos e família!

    Mandriola de Lisboa social media
    
                
    
            
    Mandriola de Lisboa Tinto
    Madriola de Lisboa Gato

    Agora já há uma desculpa para ficar de barriga para o ar.

    Mandriola de Lisboa degustação Mandriola de Lisboa Branco
    Madriola de Lisboa Gato

    É de beber e miar por mais.

    Mandriola de Lisboa copos branco e tinto

    Está
    na cara
    que é
    mandriola

    Madriola de Lisboa Gato

    Caso queira contactar-nos
    preencha o formulário.