pt




        

Contacte-nos

    Aceito o tratamento de dados;

    Enviar

    Tem mais de 18 anos de idade?

    Sim
          Não

    Lembrar neste dispositivo.

    Mandriola - Recantos de Lisboa

    6 recantos de Lisboa que toda a gente devia conhecer

    Ruas castiças e vistas de tirar o fôlego. Atreve-te a passear por estes 6 recantos de Lisboa e descobre surpresas ao lado de casa.
    
                WP_Post Object
    (
        [ID] => 2685
        [post_author] => 7
        [post_date] => 2022-05-04 10:55:52
        [post_date_gmt] => 2022-05-04 09:55:52
        [post_content] => 
        [post_title] => 6 recantos de Lisboa que toda a gente devia conhecer
        [post_excerpt] => Ruas castiças e vistas de tirar o fôlego. Atreve-te a passear por estes 6 recantos de Lisboa e descobre surpresas ao lado de casa.
        [post_status] => publish
        [comment_status] => closed
        [ping_status] => open
        [post_password] => 
        [post_name] => 6-recantos-de-lisboa-que-toda-a-gente-devia-conhecer
        [to_ping] => 
        [pinged] => 
        [post_modified] => 2022-10-21 10:33:23
        [post_modified_gmt] => 2022-10-21 09:33:23
        [post_content_filtered] => 
        [post_parent] => 0
        [guid] => https://mandrioladelisboa.pt/?p=2685
        [menu_order] => 0
        [post_type] => post
        [post_mime_type] => 
        [comment_count] => 0
        [filter] => raw
    )
    1Array
    (
        [post_author] => Mandriola
        [article_text_1] => 
        [seccao_slider] => Array
            (
                [slideshow] => 
            )
    
        [article_text_2] => 

    Sair à rua e explorar aquilo que Lisboa tem para mostrar. Não existe nada melhor do que passear por esta cidade, repleta de história e paisagens perfeitas para terminar o dia com um copo de vinho na mão. Descobre os seis recantos de Lisboa que toda a gente devia conhecer.

    1. Miradouro do Monte Agudo

     

    • Onde: Entrada pela Rua Heliodoro Salgado ou pela escadaria na Rua Ilha do Príncipe
    • Quando: todos os dias das 07:30 às 22:00
    • Nível de preço: grátis

    Quem atravessa o seu caminho de pedra, nem imagina que aqui se esconde uma das mais bonitas paisagens sobre a cidade. O Miradouro do Monte Agudo é um recanto de Lisboa aninhado entre os Anjos e a Penha de França, e é um dos segredos mais bem guardados desta zona da cidade.

    Aqui não há gato: este miradouro tem uma impressionante vista panorâmica para o norte e zona ocidental da cidade. É um lugar para visitar naqueles dias quentes, em que só apetece ronronar ao sol, e está repleto de tranquilidade. Mas atenção: este segredo só é descoberto pelos mais atentos, visto que se encontra oculto pelo edifício da escola secundária Dona Luísa de Gusmão. O truque é prestares atenção ao portão, que se encontra do lado esquerdo deste edifício. Ao entrar, percorre a entrada e observa a pérgola e o painel pintado à mão, dois detalhes que conferem um carácter elegante e romântico a este miradouro.

    Dica de sabedoria felina: visita o Miradouro do Monte Agudo ao final da tarde. Seja no quiosque ou sentado nos bancos do jardim, este é um local incrível para brindar a mais um dia com um copo de vinho Mandriola na mão.

    2. Miradouro da Penha de França

     

    • Onde: Rua Marques da Silva
    • Quando: aberto ao público todos os dias
    • Nível de preço: grátis

    Localizado numa das mais belas colinas da cidade, junto à Igreja de Nossa Senhora da Penha de França, encontra-se o Miradouro da Penha de França. Um dos locais menos conhecidos para relaxar (até pelos locais), aqui é possível ver o tempo a passar com calma, sem multidões à volta, enquanto desfrutas da vista.

    Este recanto, estendido ao longo de um muro cor-de-rosa, com um pequeno largo com bancos debaixo de duas oliveiras, oferece uma perspetiva diferente sobre toda a cidade. Daqui podes ver até ao Alto de São João, Olivais, Chelas e Marvila.

    Estende-te num dos bancos ou relaxa no parapeito do muro, enquanto desfrutas de uma vista que convida a conversas em câmara lenta com amigos e uma garrafa de vinho Mandriola a acompanhar.

    3. Vila Berta

     

    • Onde: Vila Berta, entrada pela Travessa Pereira, Rua do Sol à Graça ou Beco do Forno do Sol
    • Quando: aberto ao público todos os dias
    • Nível de preço: grátis

    A Vila Berta é uma autêntica joia da cidade. Localizada em pleno bairro da Graça, foi projetada e construída em 1902 e parece ter ficado parada no tempo, com uma arquitetura eclética e apontamentos de Arte Nova. Para chegares a este local, que já foi cenário de filmes como o “Pátio das Cantigas” de Leonel Vieira, passas numa rua emblemática, onde podes cumprimentar os locais que espreitam à janela. Termina o passeio colina acima, e recebe o prémio merecido. Aqui encontras bares e restaurantes onde te podes sentar para desfrutar de um justo copo de vinho.

    4. Largo da Achada

     

    • Onde: Largo da Achada, entrada pela Rua da Achada na Mouraria
    • Quando: aberto ao público todos os dias
    • Nível de preço: grátis

    Um dos recantos mais cool da cidade de Lisboa, ideal para descansar depois de um passeio histórico pelo bairro da Mouraria, o Largo da Achada recebe os visitantes de braços abertos. Entre becos e vielas, aqui encontras uma das casas mais antigas da cidade que resistiu ao terramoto de 1755.

    Senta-te na escadaria que circunda a parte superior do largo e aprecia a fachada das casas tipicamente lisboetas (incluindo o centro cultural Casa da Achada – Centro Mário Dionísio) e admira o Mural “Selfie” pintado em grande escala numa parede do lado esquerdo.

    Este é um recanto único, localizado em pleno coração da cidade, perfeito para ler um livro ou simplesmente respirar Lisboa.

    5. Miradouro do Jardim do Recolhimento

     

    • Onde: Rua do Recolhimento
    • Quando: todos os das 10:00 às 19:00
    • Nível de preço: grátis

    O bairro do Castelo tem um recanto de Lisboa que muitos desconhecem. O Miradouro do Recolhimento foi aberto ao público no início de 2015, tendo sido recuperado e transformado num elegante e discreto jardim.

    A vista sobre o rio Tejo, tão calmo lá em baixo, é de cortar a respiração. Se virares a atenção para o bairro de Alfama, podes distinguir o Panteão Nacional, a Igreja de São Vicente de Fora, e muitos outros pontos de referência. Seja ao final de um dia de trabalho ou durante o fim-de-semana, aproveita para apanhares sol num dos bancos deste jardim.

    6. Casa do Alentejo

     

    • Onde: Rua das Portas de Santo Antão 58
    • Quando: de terça-feira a domingo, das 12:00 às 16:00 e das 19:00 às 23:00
    • Nível de preço: €€

    Quem entra no Palácio de Alverca, também conhecido como Casa do Alentejo, e sobe a sua escadaria, choca de frente com um pátio de estilo árabe com vitrais, azulejos e plantas. Visitar este espaço é entrar num rihad marroquino, em pleno coração lisboeta. Este palácio árabe, com decoração mourisca, tem desempenhado um importante papel na dinamização, promoção e preservação da cultura alentejana.

    Bebe do ambiente romântico do pátio e aprecia cada detalhe da arquitetura. De seguida visita a biblioteca da Casa do Alentejo, que para além do seu espólio, também é usada para lançamentos de livros, reuniões associativas e exposições.

    Termina a tua visita com uma ida ao restaurante, localizado no piso superior, para te sentires uma verdadeira personagem dos livros de Eça de Queirós. Desfruta de pratos de gastronomia alentejana e pede um vinho especial a acompanhar. Se procuras um ambiente mais descontraído, vai à taberna da Casa do Alentejo. Um local repleto de luz e descontração, ideal para petiscar e beber com amigos ou colegas de trabalho.

    Estes são apenas 6 dos mais surpreendentes recantos de Lisboa, para visitar sozinho ou acompanhado. Há muitos mais, repletos de histórias, mitos e segredos. Cada bairro tem os seus, e é impossível conhecê-los a todos. Por isso, o melhor é desfrutar sem pressas.

    [pin_locations] => [map_text] => [cover] => Array ( [ID] => 2697 [id] => 2697 [title] => Mandriola - Recantos de Lisboa [filename] => mandriola-recantos-de-lisboa.webp [filesize] => 100460 [url] => https://mandrioladelisboa.pt/wp-content/uploads/mandriola-recantos-de-lisboa.webp [link] => https://mandrioladelisboa.pt/6-recantos-de-lisboa-que-toda-a-gente-devia-conhecer/mandriola-recantos-de-lisboa/ [alt] => Mandriola - Recantos de Lisboa [author] => 7 [description] => Mandriola - Recantos de Lisboa [caption] => Mandriola - Recantos de Lisboa [name] => mandriola-recantos-de-lisboa [status] => inherit [uploaded_to] => 2685 [date] => 2022-05-04 11:31:37 [modified] => 2022-05-04 11:32:24 [menu_order] => 0 [mime_type] => image/webp [type] => image [subtype] => webp [icon] => https://mandrioladelisboa.pt/wp-includes/images/media/default.png [width] => 802 [height] => 532 [sizes] => Array ( ) ) [showmap] => Não )

    Sair à rua e explorar aquilo que Lisboa tem para mostrar. Não existe nada melhor do que passear por esta cidade, repleta de história e paisagens perfeitas para terminar o dia com um copo de vinho na mão. Descobre os seis recantos de Lisboa que toda a gente devia conhecer.

    1. Miradouro do Monte Agudo

     

    • Onde: Entrada pela Rua Heliodoro Salgado ou pela escadaria na Rua Ilha do Príncipe
    • Quando: todos os dias das 07:30 às 22:00
    • Nível de preço: grátis

    Quem atravessa o seu caminho de pedra, nem imagina que aqui se esconde uma das mais bonitas paisagens sobre a cidade. O Miradouro do Monte Agudo é um recanto de Lisboa aninhado entre os Anjos e a Penha de França, e é um dos segredos mais bem guardados desta zona da cidade.

    Aqui não há gato: este miradouro tem uma impressionante vista panorâmica para o norte e zona ocidental da cidade. É um lugar para visitar naqueles dias quentes, em que só apetece ronronar ao sol, e está repleto de tranquilidade. Mas atenção: este segredo só é descoberto pelos mais atentos, visto que se encontra oculto pelo edifício da escola secundária Dona Luísa de Gusmão. O truque é prestares atenção ao portão, que se encontra do lado esquerdo deste edifício. Ao entrar, percorre a entrada e observa a pérgola e o painel pintado à mão, dois detalhes que conferem um carácter elegante e romântico a este miradouro.

    Dica de sabedoria felina: visita o Miradouro do Monte Agudo ao final da tarde. Seja no quiosque ou sentado nos bancos do jardim, este é um local incrível para brindar a mais um dia com um copo de vinho Mandriola na mão.

    2. Miradouro da Penha de França

     

    • Onde: Rua Marques da Silva
    • Quando: aberto ao público todos os dias
    • Nível de preço: grátis

    Localizado numa das mais belas colinas da cidade, junto à Igreja de Nossa Senhora da Penha de França, encontra-se o Miradouro da Penha de França. Um dos locais menos conhecidos para relaxar (até pelos locais), aqui é possível ver o tempo a passar com calma, sem multidões à volta, enquanto desfrutas da vista.

    Este recanto, estendido ao longo de um muro cor-de-rosa, com um pequeno largo com bancos debaixo de duas oliveiras, oferece uma perspetiva diferente sobre toda a cidade. Daqui podes ver até ao Alto de São João, Olivais, Chelas e Marvila.

    Estende-te num dos bancos ou relaxa no parapeito do muro, enquanto desfrutas de uma vista que convida a conversas em câmara lenta com amigos e uma garrafa de vinho Mandriola a acompanhar.

    3. Vila Berta

     

    • Onde: Vila Berta, entrada pela Travessa Pereira, Rua do Sol à Graça ou Beco do Forno do Sol
    • Quando: aberto ao público todos os dias
    • Nível de preço: grátis

    A Vila Berta é uma autêntica joia da cidade. Localizada em pleno bairro da Graça, foi projetada e construída em 1902 e parece ter ficado parada no tempo, com uma arquitetura eclética e apontamentos de Arte Nova. Para chegares a este local, que já foi cenário de filmes como o “Pátio das Cantigas” de Leonel Vieira, passas numa rua emblemática, onde podes cumprimentar os locais que espreitam à janela. Termina o passeio colina acima, e recebe o prémio merecido. Aqui encontras bares e restaurantes onde te podes sentar para desfrutar de um justo copo de vinho.

    4. Largo da Achada

     

    • Onde: Largo da Achada, entrada pela Rua da Achada na Mouraria
    • Quando: aberto ao público todos os dias
    • Nível de preço: grátis

    Um dos recantos mais cool da cidade de Lisboa, ideal para descansar depois de um passeio histórico pelo bairro da Mouraria, o Largo da Achada recebe os visitantes de braços abertos. Entre becos e vielas, aqui encontras uma das casas mais antigas da cidade que resistiu ao terramoto de 1755.

    Senta-te na escadaria que circunda a parte superior do largo e aprecia a fachada das casas tipicamente lisboetas (incluindo o centro cultural Casa da Achada – Centro Mário Dionísio) e admira o Mural “Selfie” pintado em grande escala numa parede do lado esquerdo.

    Este é um recanto único, localizado em pleno coração da cidade, perfeito para ler um livro ou simplesmente respirar Lisboa.

    5. Miradouro do Jardim do Recolhimento

     

    • Onde: Rua do Recolhimento
    • Quando: todos os das 10:00 às 19:00
    • Nível de preço: grátis

    O bairro do Castelo tem um recanto de Lisboa que muitos desconhecem. O Miradouro do Recolhimento foi aberto ao público no início de 2015, tendo sido recuperado e transformado num elegante e discreto jardim.

    A vista sobre o rio Tejo, tão calmo lá em baixo, é de cortar a respiração. Se virares a atenção para o bairro de Alfama, podes distinguir o Panteão Nacional, a Igreja de São Vicente de Fora, e muitos outros pontos de referência. Seja ao final de um dia de trabalho ou durante o fim-de-semana, aproveita para apanhares sol num dos bancos deste jardim.

    6. Casa do Alentejo

     

    • Onde: Rua das Portas de Santo Antão 58
    • Quando: de terça-feira a domingo, das 12:00 às 16:00 e das 19:00 às 23:00
    • Nível de preço: €€

    Quem entra no Palácio de Alverca, também conhecido como Casa do Alentejo, e sobe a sua escadaria, choca de frente com um pátio de estilo árabe com vitrais, azulejos e plantas. Visitar este espaço é entrar num rihad marroquino, em pleno coração lisboeta. Este palácio árabe, com decoração mourisca, tem desempenhado um importante papel na dinamização, promoção e preservação da cultura alentejana.

    Bebe do ambiente romântico do pátio e aprecia cada detalhe da arquitetura. De seguida visita a biblioteca da Casa do Alentejo, que para além do seu espólio, também é usada para lançamentos de livros, reuniões associativas e exposições.

    Termina a tua visita com uma ida ao restaurante, localizado no piso superior, para te sentires uma verdadeira personagem dos livros de Eça de Queirós. Desfruta de pratos de gastronomia alentejana e pede um vinho especial a acompanhar. Se procuras um ambiente mais descontraído, vai à taberna da Casa do Alentejo. Um local repleto de luz e descontração, ideal para petiscar e beber com amigos ou colegas de trabalho.

    Estes são apenas 6 dos mais surpreendentes recantos de Lisboa, para visitar sozinho ou acompanhado. Há muitos mais, repletos de histórias, mitos e segredos. Cada bairro tem os seus, e é impossível conhecê-los a todos. Por isso, o melhor é desfrutar sem pressas.

    Mandriola de Lisboa social media
    
                
    
            
    Mandriola de Lisboa Tinto
    Madriola de Lisboa Gato

    É de beber e miar por mais.

    Mandriola de Lisboa copos branco e tinto Mandriola de Lisboa Branco
    Madriola de Lisboa Gato

    Agora já há uma desculpa para ficar de barriga para o ar.

    Mandriola de Lisboa degustação

    Está
    na cara
    que é
    mandriola

    Madriola de Lisboa Gato

    Caso queira contactar-nos
    preencha o formulário.